Por trás do céu e nossas questões existenciais

Na extrema miséria do sertão somos apresentados a Aparecida (Nathalia Dill) e Edivaldo (Emilio Orciollo Netto) vivendo no meio do nada, na companhia de Leproso, uma tartaruga.

Aparecida é sonhadora, ingênua e forte, quer conhecer a cidade e o que o mundo tem a oferecer, contrastando com a esposa, temos um Edivaldo seco, ferido, introspectivo. Com a chegada de Micuim, amigo do casal que voltou de uma temporada na cidade, Aparecida ganha de presente uma revista e dali ela tira a ideia de construir um foguete para descobrir o que tem por trás do céu, encontrar com a pessoa que está ali rindo do alto, entender a razão de estarem passando por aquilo.

20160429-por-tras-do-ceu-papo-de-cinema-01

Por Trás do Céu é dirigido e escrito por Caio Sóh (Minutos Atrás, Teus Olhos Meus), tem como protagonistas Nathalia Dill, Emilio Orciollo Netto e Renato Góes. Mais pra frente temos Paula Burlamaqui para integrar o quarteto principal do filme. Ainda temos no elenco Everaldo Pontes, Roberto Bomtempo, Léo Rosa e Sebastião Formiga.

Os personagens são extremamente diferentes em personalidade, mas se completam perfeitamente. Aparecida exterioriza sentimentos presentes na maior parte dos seres humanos, depois de sofrer de diversas formas, ela ainda olha pra cima e questiona Deus, briga, desafia. Nathalia surpreende em todas as nuances da personagem. Ao mesmo tempo que temos situações densas que ocorrem na vida do casal somos inseridos em um clima lúdico, divertido. Aliás, Micuim é o responsável pelos principais momentos de alívio cômico do filme.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Não podemos deixar de destacar o cenário, parte essencial da obra. Ele conversa com o telespectador, a direção trabalhou bem para ter elementos visuais que complementassem o roteiro, a fotografia é espetacular. O céu é o verdadeiro protagonista.

O filme tem poesia do começo ao fim, os diálogos, os questionamentos te colocam em conexão com quem você é, sua existência, sua avaliação do bem e do mal.

122203.jpg

Produzido através do Movimento Cinema Bruto, Por trás do Céu já foi apresentado e premiado em alguns festivais nacionais e internacionais. Está em seus últimos dias de exibição no Brasil e deve entrar na lista dos fãs de cinema. Dá orgulho de ver obras tão completas sendo produzidas em solos brasileiros.

Confira o trailer:

Por Fernanda Franchin

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s